FAQ

Me sinto triste e angustiado, para falar a verdade me senti assim a vida toda, busquei muitas formas de lidar com isso ao longo da minha vida no entanto sempre parece que estou na lama e vivendo com dificuldade. A minha religião me ajuda, mas não resolve o meu problema que já parece ser parte do que eu sou. O tratamento psiquiátrico pode fazer algo por mim?

Resposta: Alguns quadros depressivos não são tão intensos a ponto de a pessoa paralisar a sua vida em função dele, deste modo a pessoa vive a vida como se fosse normal se sentir assim, pois sempre se sentiram assim e não vê perspectiva de mudança.

Existe um diagnóstico chamado de Distimia que se assemelha, de forma geral, com uma depressão leve e crônica essa sua descrição me fez lembrar esse diagnóstico. Importante lembrar, que esses quadros respondem muito bem às medicações psiquiátricas, porém muitas pessoas não se dão conta que necessitam de um acompanhamento médico e buscam diversas formas alternativas de tratamento, e que muitas vezes são formas que não apresentam um respaldo científico e muito menos uma solução efetiva e eficiente.

Estou me sentindo triste há alguns meses, estou deprimida?

Resposta: Para ser considerado depressão é necessária alteração no padrão do sono, fadiga, sentimentos de inutilidade ou culpa excessiva, diminuição na capacidade de pensar ou de tomar decisões (…)

(…)pensamentos relacionados à morte ou a morrer como ideação suicida, agitação ou lentificação psicomotora, presença de humor deprimido a maior parte do dia, quase todos os dias, diminuição do interesse de forma significativa na maior parte do dia, quase todos os dias, alteração do peso significativa, por exemplo, 5% em um mês (ganho ou perda).

Quando a maioria desses sintomas estão presentes possivelmente se trata de Depressão, porém tristeza isolada não é depressão. Muitas vezes podemos estar tristes ou mesmo angustiados com algum evento situação de vida e isso não significa que é necessário tratamento medicamentoso para depressão.

WhatsApp chat