Assim como a Higiene do Corpo, a Higiene do Sono também deve fazer parte das nossas vidas, pois é ela que faz com que o ato de dormir seja saudável e reparador. Considerada uma intervenção psicoeducacional, a técnica tem como função ensinar os pacientes a evitarem que fatores externos ou ambientais gerem efeitos adversos e nocivos ao sono. Normalmente, as recomendações são feitas por um profissional especializado (psiquiatra), podendo ser verbais, se possível, por escrito.

O Psiquiatra da Clínica Psiquiatria Paulista, João Junqueira explica por meio desta entrevista um pouco sobre a Higiene do Sono. Confira:

O que é a “Higiene do Sono”?

A Higiene do Sono pode ser definida como a mudança ou a organização de hábitos e atividades buscando a melhor indução e qualidade do sono.

Quais métodos estão relacionados à Higiene do Sono?

Atividades rotineiras podem auxiliar ou prejudicar o sono. Desde a alimentação em que se deve evitar comer alimentos “pesados” ou muito próximo ao horário de dormir, assim como a ingestão de bebidas que contenham cafeína ou substâncias alcoólicas no período da noite; até o uso de celular próximo ao horário de dormir. Existem também características individuais que podem prejudicar alguns pacientes, como a prática de atividades físicas intensas a noite.

Explique o vínculo que o sono tem com a saúde mental?

O sono não só está ligado à saúde mental, como também à saúde física. A falta de sono pode trazer várias complicações, como obesidade, pressão alta, diabetes, depressão e ansiedade. Trata-se de uma função fisiológica importante para o nosso corpo, como comer de forma correta, praticar exercícios físicos regularmente e ingerir adequadamente a quantidade de água recomendada.

Como o eletromagnetismo afeta o sono?

Aumentando nossos estímulos psíquicos e dificultando a indução do sono.

Quais dicas o Doutor daria aos leitores para que tenham um sono mais saudável?

Consultas médicas regulares associadas à hábitos saudáveis como alimentação balanceada, atividade física e meditação. É importante ressaltar que o Sono é algo natural, necessário e esperado pelo nosso organismo, por isso os bons hábitos geram qualidade de vida e refletem consequentemente no nosso dia a dia.

Algumas dicas para se ter um sono melhor:

  • Evitar o uso de substâncias estimulantes próximo ao horário de dormir, como a ingestão de cafeína e substâncias alcoólicas, já que estas podem causar fragmentação do sono, sono não reparador, além de desenvolver o risco de dependência;
  • Praticar exercícios físicos regularmente, porém somente até três horas antes do horário de dormir, levando-se em conta o aumento da temperatura corporal;
  • Evitar barulho, luz excessiva e temperaturas elevadas no ambiente de dormir;
  • Garantir o conforto da cama e do ambiente;
  • Evitar comer em excesso antes de deitar-se.

Tem mais alguma dúvida? Marque a sua consulta conosco!