A Segurança Psicológica no trabalho é fundamental

O Google, empresa famosa mundialmente por ser uma referência na área de tecnologia, conduziu um estudo intensivo, com duração de quatro anos, com o objetivo de descobrir o que diferenciava suas boas equipes de trabalho das outras equipes que não se destacavam.

Os resultados, publicados em 2016, mostraram que a forma como as pessoas trabalhavam em conjunto é que fazia a diferença. Ficou demonstrado que equipes brilhantes trabalham bem quando há segurança psicológica entre seus membros. Isto se sobrepõe a: ter pessoas inteligentes, perfis pessoais adequados à empresa, ou mesmo talentos individuais.

A Segurança Psicológica na prática

Pense na seguinte situação objetiva e prática: no seu trabalho, você se sente à vontade para compartilhar o que está pensando (mesmo quando as opiniões são divergentes), o que está sentindo (mesmo em relação às suas maiores vulnerabilidades) e ainda percebe que pode questionar e fazer perguntas?

Mesmo no ambiente de trabalho do Google, os resultados entre as diferentes equipes foram divergentes. Existiam equipes com um alto senso de confiança entre as pessoas, em que elas sentiam que podiam falar sobre suas opiniões, seus sentimentos, suas dúvidas e seus problemas, enquanto outras equipes não estavam no mesmo nível de segurança psicológica.

O estudo recebeu o nome de Projeto Aristóteles, ligando-se à frase do filósofo: “o todo é maior do que a soma de suas partes”. Foram analisados 180 times de engenharia e de vendas, com uma mistura de indicadores de alta e de baixa performance.

Como surgiu a Segurança Psicológica?

Ainda nos anos 90, a pesquisadora de Harvard Amy Edmondson chegou a este termo quando participou, junto a uma equipe de pesquisadores, de um estudo inovador sobre erros de medicações ministradas em hospitais. O estudo visava entender as condições em que os erros aconteciam. mas a descoberta foi além: as equipes de enfermeiros que cometiam erros, mas podiam falar sobre eles, conseguiam contornar a situação. Em outras equipes, em que o erro não era tolerado, isto não era possível e sérias implicações aconteciam.

Em seu livro “A organização sem medo”, Amy Edmondson pontua que a segurança psicológica é um clima no qual as pessoas se sentem à vontade para se expressar, sendo elas mesmas. Esta expressão individual acontece em muitas situações, desde o relacionamento entre os membros da equipe, passando pela relação com a liderança e pelo comprometimento ao cumprir as metas de crescimento do negócio.

A segurança psicológica é o principal alicerce das equipes de alto desempenho. Diversos estudos mostram uma relação direta entre a segurança psicológica e maiores índices de engajamento, bem-estar, maior criatividade e retenção de talentos, resultando em uma organização mais bem-sucedida.

Os aspectos da Segurança Psicológica

Os quatro aspectos da segurança psicológica que podem ser identificados no ambiente corporativo são:

– Segurança ao se expressar: trazer ideias, fazer perguntas, ter opiniões, assumir riscos interpessoais, cometer erros sem medo de retaliações.

– Segurança para interagir: poder pedir ajuda aos outros membros da equipe, não haver rejeição ou discriminação com as pessoas.

– Segurança para aprender: exercer a curiosidade, poder questionar decisões estratégicas da liderança, incentivo ao aprendizado.

– Segurança para pertencer: tratamento respeitoso e igualitário para os membros da equipe, cooperação, inclusão e diversidade de pessoas.

O papel do líder na Segurança Psicológica

Amy Edmondson diz que os líderes de hoje devem estar dispostos a assumir o trabalho de acabar com o medo de se expor que existe em muitas organizações, para criar condições para o aprendizado, a inovação, a troca e o crescimento. Se no passado já aconteceram problemas decorrentes do medo no ambiente de trabalho, então é hora de perceber que ele é muito prejudicial ao bom andamento dos negócios.

Neste sentido, a liderança tem um papel fundamental para modificar seu ambiente de trabalho. Muitas pessoas sofrem atualmente com problemas gerados no ambiente de trabalho, como a síndrome de burnout, ansiedade, depressão, entre outros. A saúde mental é um dos aspectos que devem ser considerados, pois leva a um melhor estado geral das pessoas e faz com que se sintam seguras psicologicamente.

Pode-se dizer que tudo o que o líder faz perante a equipe resulta na promoção ou na perturbação da segurança psicológica. Por isso, é importante que os líderes estejam preparados para cuidar tanto de si mesmos (mantendo sua saúde e equilíbrio no trabalho), como também de seus liderados, que podem estar em sofrimento emocional por alguma razão.

Um ambiente inseguro propicia adoecimentos e um enfraquecimento geral da saúde mental da equipe. Então a importância está em valorizar o profissional, as ideias, as trocas e a confiança, para assim conservar uma equipe forte, de sucesso e que traz continuamente bons resultados.

No Instituto de Psiquiatria Paulista, estamos à disposição para apoiar lideranças e liderados das organizações. Caso deseje, é só navegar em nossa página inicial do site para saber mais sobre o instituto e agendar uma consulta.

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;} Agendar consulta