Superar as adversidades da vida é uma tarefa difícil, mas o apoio dos amigos e familiares é fundamental. A depressão pode ser o momento mais difícil da vida de uma pessoa. Em um quadro depressivo é possível identificar crises com choro, tristeza profunda, apatia, isolamento, ansiedade e, nos casos mais graves, até mesmo pensamentos e tentativas suicidas. Mas como ajudar uma pessoa com depressão? Confira nesse artigo.

Queira ajudar e tenha paciência

É preciso lembrar que uma pessoa clinicamente deprimida não vai estar divertida, afinal, é uma doença grave que causa apatia.  Você vai precisar mais do que oferecer o ombro. Deve-se ter paciência, entender que a pessoa não está deprimida porque quer, porque é fraca, ou tem preguiça, mas que é algo maior e que foge do seu controle.

Respeitar o tempo dessa pessoa é muito importante. O seu papel é dar apoio, entender, respeitar o espaço e as decisões pessoais. Tudo isso ajudará muito mais do que meia dúzia de conselhos vazios e sem empatia como “tente se animar”; saia dessa cama” ou “você não está se esforçando o suficiente.”

Uma pessoa com depressão não espera que você resolva os seus problemas, mas ela precisa muito que você a acolha e mostre o quanto se importa e respeita seus sentimentos, sem diminuir ou ridicularizar o problema. Ter empatia é a melhor forma de ajudar.

Se informe e fale sobre o assunto

A depressão não pode ser um tabu. Quanto mais informação se tem,  mais fácil fica de ajudar. Por isso leia, assista a vídeos na internet onde as pessoas relatam o que sentem, converse com profissionais e se informe o máximo que puder.

Quando o seu amigo com depressão quiser falar sobre o problema, não precisa pisar em ovos. Esteja aberto para dialogar e ouvir o que ele sente, assim ele sentirá que pode confiar e contar com você, que você se importa e ele é acolhido. Um acolhimento tem um grande valor e pode até salvar vidas, uma vez que diminui o risco de suicídio.

Seja um bom amigo da pessoa com depressão

Não é porque uma pessoa está com depressão que ela não é mais sua amiga. Ligue, chame-a para sair ou apenas para acompanhar em atividades diárias. Se convide para ir na casa dela ver um filme, fazer uma janta, coisas pequenas, apenas para fazer companhia, mas lembre-se: respeite o seu momento e as suas escolhas.

Muitas vezes as pessoas com depressão vão tentar se isolar, por isso, talvez você precise ter uma abordagem um pouco diferente na hora de convidá-la para sair ou fazer algo. Convença com o seu jeitinho e paciência, o que não vale é desistir de uma pessoa porque ela está se sentindo mal.

Entenda e fale sobre a importância do tratamento

Existem muitas formas de ajudar uma pessoa com depressão, como você viu até aqui. Mas nada disso substitui o tratamento psiquiátrico com o acompanhamento psicológico. A depressão é uma doença séria, que pode levar a pessoa ao suicídio , por isso, não pode ser negligenciada ou desacreditada em hipótese alguma.

A melhor forma de ajudar pessoas com depressão é orientá-las ao tratamento. Mostrar que é normal precisar de ajuda em alguma fase da vida e que ela não é fraca por isso, muito pelo contrário, que isso é uma atitude de coragem e amor próprio.

Conte com a Psiquiatria Paulista para ajudar quem você ama a ter uma vida melhor, com mais sorrisos, alegria e disposição. Marque agora uma consulta via WhatsApp.

WhatsApp chat