O segredo para dormir melhor com a higiene do sono em 5 passos

Pense num problema que atinge cerca de 45% da população mundial. Ele se chama insônia e, literalmente tira o sono de muita gente por diversos motivos. Podem ser muitas as causas da dificuldade para dormir ou do sono de má qualidade – ambos são considerados insônia.

Em casos mais graves, a insônia necessita da ajuda de um psiquiatra que indicará um tratamento adequado para o quadro especificado. Um desses tratamentos pode ser justamente a higiene do sono e essa técnica pode ser utilizada por qualquer pessoa que deseje melhorar a qualidade do seu sono.

O que é a higiene do sono?

Quando você escova os dentes e utiliza enxaguante bucal, você está pensando na saúde dos seus dentes. Quando você elimina hábitos nocivos à qualidade do sono e propicia meios para uma noite de sono com boa qualidade, você está colocando em prática a higiene do seu sono. Ou seja, você começa a enxergar o sono com mais cuidado e arranja meios para tornar as horas de descanso mais proveitosas.

Quais hábitos devem ser evitados e quais adotados para uma boa higiene do sono?

Como dito anteriormente, existem hábitos que devem ser adotados enquanto outros abandonados para que o seu sono seja de qualidade. Esses hábitos estão relacionados a várias esferas da vida e é o que torna a higiene do sono um pouco mais complexa, mas não tão difícil de ser feita. 

Para que você consiga entender melhor quais esses hábitos, decidimos separá-los por área. Vamos lá?

  1. Alimentação

Manter uma alimentação equilibrada é de praxe para uma vida saudável, mas evitar alimentos gordurosos, com excessos de carboidratos e proteínas à noite é essencial para a higiene do sono. 

Bebidas estimulantes como café, chimarrão e chá preto, por exemplo, também devem ser evitadas após o anoitecer para não atuarem como perturbadores do sono,

  1. Exercício físico

Todos sabem que a prática de exercício físico é necessária para a manutenção da saúde física e mental. No entanto, exercícios de alta intensidade no período da noite podem prejudicar a qualidade do sono, pois o metabolismo fica acelerado e o corpo continua em um estado de alerta. Se possível, prefira fazer atividade física pela manhã.

  1. Hábitos no quarto e cama

Utilize o seu quarto apenas para o descanso e a cama para dormir e sexo. Não tenha o hábito de assistir séries no quarto, estudar sobre a cama ou quaisquer outras atividades que lhe farão permanecer por um longo tempo em seu dormitório. 

Criar esse hábito mental de separação auxilia o seu cérebro a entender que o quarto é um local de descanso e que a cama serve para isso. É fator fundamental da higiene do sono.

  1. Exposição à luz e aparelhos eletrônicos

A luz azul presente nas lâmpadas de led, televisões, computadores e smartphones causam um efeito nocivo ao nosso sono. Ela faz com que libere-se um hormônio que nos mantém alertas, prejudicando a qualidade do seu sono. Por isso, procure evitar o contato com esses aparelhos por até 30 minutos antes de dormir.

Se possível, troque as luzes do seu quarto para cores quentes, de menor intensidade. Isso vai ajudar você no processo da higiene do sono.

  1. Rotina

Defina os horários do seu dia de modo que, ao aproximar-se da noite, as atividades vão diminuindo a intensidade. Isso ajudará o seu cérebro a ir se programando para ir relaxando aos poucos. Treine a sua respiração, diminua a intensidade das luzes, e realize atividades que relaxem. Meia hora antes de dormir, prepare-se para o bom sono.

Prestando atenção nesses 5 pontos, você vai conseguir ter uma boa higiene do sono e aumentar a qualidade do seu descanso. Lembre-se sempre que você pode precisar da ajuda de um psiquiatra caso essas estratégias não funcionem sozinhas! A ajuda profissional sempre deve ser adotada. Precisando da gente, é só chamar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;} Agendar consulta