A ansiedade tem sido um assunto muito debatido nos últimos tempos, pelo fato de cada vez mais pessoas sentirem como se estivessem sempre na urgência do mundo. Contudo, há uma diferença entre estar ansioso com algo ou desenvolver um transtorno de ansiedade. Isso é o que vamos explorar nesse artigo.

Quando estar ansioso é normal

A ansiedade é um estado da mente que ocorre naturalmente no ser humano. Ela vem da preocupação causada pelo medo e pode ser o gatilho para a coragem de se tomar determinadas atitudes. Outra face dela, também é quando estamos na iminência de algum evento ou decisão importante e pensamos nas possíveis consequências e desdobramentos daquilo.

No entanto, quando isto torna-se demasiado, tanto na intensidade quanto na quantidade de vezes que ocorre é preciso ficar atento. Isto, pois a ansiedade pode afetar todas as esferas da sua vida, tornando tudo um processo muito mais laborioso e fazendo com que você não consiga gozar da vida na sua plenitude presente.

As consequências do transtorno de ansiedade

O transtorno de ansiedade traz inúmeras consequências a quem o desenvolve. A apreensão e o medo ficam tão exacerbados, que tudo pode virar uma ameaça e decisões simples podem parecer um martírio. A preocupação excessiva surge e as emoções se afloram, fazendo com que coisas corriqueiras tornem-se extremamente laboriosas.

ansiedade estar ansioso

Os momentos de relaxamento começam a ser cada vez mais escassos, porque deixar a mente tranquila torna-se uma tarefa quase impossível. O prazer pela vida começa a se esvair, já que tudo é motivo para preocupações. Além disso, alguns sintomas físicos começam a aparecer, dificultando ainda mais uma vida plena. Alguns deles são:

  • Tensão e dores musculares;
  • Bruxismo;
  • Dores de cabeça;
  • Acordar cansado;
  • Sensação de falta de ar;
  • Taquicardia.

O que fazer para se livrar da ansiedade?

Pessoas que começam a se perceber ansiosas demais, devem tomar algumas atitudes de mudanças de hábitos para tentar aplacar os sintomas tão desagradáveis que surgem. Evitar substâncias estimulantes como a cafeína e de relaxantes como o álcool é um passo importante. Manter uma dieta equilibrada também faz uma grande influência, além da prática de exercícios físicos, que ajudam a liberar hormônios benéficos ao nosso corpo.

Situações de estresse intensas e prolongadas devem ser tratadas com cuidado, pois nessas situações, o nosso corpo começa um processo inflamatório que deve ser combatido. A pessoa que se sente ansiosa ao extremo deve procurar um psicólogo ou psiquiatra para ter uma melhor qualidade de vida. Esses profissionais são capacitados para ajudar a pessoa na sua jornada pela descoberta dos motivos que implicam em tal estado. Além disso, o psiquiatra pode conduzir um tratamento com medicamentos junto à terapia, o que pode ser decisivo para um tratamento efetivo e duradouro.

ansiedade estar ansioso tratamento

Com o tratamento adequado de acordo com cada perfil, o paciente consegue ir percebendo e ajustando pontos primordiais para que consiga voltar a ter uma vida normal, sem tantas preocupações e com sua saúde mental e física melhorada.

WhatsApp chat