Conheça os principais tipos de Autismo e suas características

Você sabia que o autismo engloba diferentes tipos e características? Se você está procurando entender melhor sobre essa condição e suas particularidades, você veio ao lugar certo. Neste artigo, vamos explorar os principais tipos de autismo e suas principais características.

O autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento que afeta a forma como uma pessoa se comunica e interage com o mundo ao seu redor. Existem vários tipos, sendo eles: autismo de alto funcionamento (também conhecido como Síndrome de Asperger), Transtorno Desintegrativo da Infância, Transtorno Invasivo do Desenvolvimento, Autismo Clássico e Transtorno Global do Desenvolvimento não Especificado (TGD-NE)

Cada tipo apresenta suas próprias características e níveis de gravidade, mas todos compartilham traços comuns, como: dificuldades de comunicação, interação social e comportamentos repetitivos. É importante conhecer essas características para proporcionar um melhor entendimento e suporte para as pessoas com autismo.

Então, se você está interessado em aprender mais sobre os principais tipos de autismo e suas características específicas, continue lendo este artigo. 

Principais tipos de autismo

Síndrome de Asperger

O Síndrome de Asperger é considerado um transtorno do espectro autista (TEA), mas com características específicas que o diferenciam dos outros tipos. Alguns pontos-chave sobre o Síndrome de Asperger são:

  • Habilidades de comunicação: indivíduos com Síndrome de Asperger geralmente têm boa linguagem falada, porém podem ter dificuldades na compreensão de nuances comunicativas, como ironia ou sarcasmo.
  • Interesses específicos: é comum que essas pessoas tenham interesses muito intensos e focados em áreas específicas, podendo se tornar especialistas em determinados assuntos.
  • Comportamentos repetitivos: assim como em outros tipos de autismo, os comportamentos repetitivos também estão presentes na Síndrome de Asperger, podendo incluir movimentos corporais repetitivos ou aderência a rotinas rígidas.
  • Inteligência: muitos indivíduos possuem inteligência acima da média, o que pode contribuir para habilidades excepcionais em áreas de interesse.
  • Desafios sociais: a dificuldade em compreender códigos sociais pode levar a problemas na interação social e amizades, sendo comum que essas pessoas se sintam isoladas ou deslocadas em ambientes sociais.

Em resumo, o Síndrome de Asperger se destaca por habilidades de linguagem mais desenvolvidas e inteligência típica acima da média, mas com desafios significativos no que diz respeito à interação social e compreensão de sinais sociais não verbais.

Transtorno Desintegrativo da Infância

Na Síndrome de Heller, uma condição rara dentro do espectro do autismo, a criança experimenta um desenvolvimento aparentemente normal durante os primeiros anos de vida; entretanto, ocorre uma perda abrupta de habilidades cognitivas, sociais e motoras.

Algumas características desse tipo de autismo incluem:

  • Normalidade inicial: a criança com Transtorno Desintegrativo da Infância apresenta um desenvolvimento típico nos primeiros anos, sendo muitas vezes confundida com crianças neurotípicas.
  • Perda de habilidades: após esse período inicial, a criança começa a perder habilidades adquiridas, como fala, controle de esfíncteres e interação social.
  • Deterioração rápida: a deterioração das habilidades ocorre de forma rápida e significativa, levando a um quadro de regressão severa.
  • Impacto profundo: essa perda de habilidades tem um impacto profundo no dia a dia da criança e de sua família, necessitando de suporte especializado.

Essa forma de autismo, embora seja menos comum do que o autismo clássico ou a Síndrome de Asperger, requer diagnóstico precoce e intervenção especializada para melhorar a qualidade de vida da criança e ajudar na adaptação às novas necessidades que surgem com a condição.

Leia também: Saiba como identificar as características do autismo

Transtorno Invasivo do Desenvolvimento

O Transtorno Invasivo do Desenvolvimento (TID) é uma designação anterior que englobava diferentes condições, incluindo o Autismo. No entanto, com a evolução do entendimento sobre o espectro, o termo TID foi substituído pela terminologia atual de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

  • Anteriormente, o TID incluía o Autismo, a Síndrome de Asperger, o Transtorno Desintegrativo da Infância e o Transtorno Global do Desenvolvimento sem outra especificação.
  • Essas condições eram consideradas formas de autismo separadas, mas agora são todas consideradas parte do espectro do Autismo.

Atualmente, as pessoas utilizam o termo TEA para abranger todas as manifestações do Autismo, reconhecendo a diversidade de sintomas e níveis de gravidade que podem estar presentes.

Autismo Clássico

O psiquiatra Leo Kanner descreveu pela primeira vez o autismo clássico, também conhecido como autismo de Kanner, em 1943. Este tipo de autismo é caracterizado por padrões de comportamento específicos, tais como: dificuldades na interação social, comunicação limitada e padrões repetitivos de comportamento. Além disso, as pessoas com autismo clássico podem apresentar atrasos no desenvolvimento da linguagem e habilidades motoras.

Características do Autismo Clássico:

  • Dificuldades na interação social, como falta de contato visual e dificuldade em se relacionar com os outros;
  • Comunicação limitada, que pode incluir atrasos na linguagem falada ou dificuldade em iniciar ou manter uma conversa;
  • Comportamentos repetitivos, como movimentos estereotipados, fixação em rotinas ou interesses específicos;
  • Sensibilidade sensorial, manifestada por hipersensibilidade ou hipoatividade a estímulos sensoriais como luz, som ou texturas.

Leia também: Como funciona a Psicologia Infantil e por que ela é eficaz

Transtorno Global do Desenvolvimento não Especificado (TGD-NE)

O Transtorno Global do Desenvolvimento não Especificado (TGD-NE) é uma categoria que engloba diferentes manifestações dentro do espectro. Caracteriza-se pela presença de algumas características típicas do autismo, porém não se enquadra completamente em nenhum dos outros subtipos. 

Indivíduos com TGD-NE podem apresentar desafios de comunicação, interação social e comportamentos repetitivos. Por isso, é essencial que essas pessoas recebam avaliação e acompanhamento especializado para garantir intervenções adequadas e suporte necessário.

Níveis de autismo

Os diferentes níveis de autismo são classificados de acordo com o grau de desenvolvimento das habilidades de comunicação, interação social e comportamentos repetitivos de uma pessoa. Aqui estão os níveis de autismo mais comuns:

  • Nível 1 (Autismo leve):
    • Pode ser diagnosticado com atraso, geralmente na infância.
    • Dificuldades socioemocionais leves.
    • Pode não ter deficiência intelectual, mas pode apresentar dificuldades na interação social.
  • Nível 2 (Autismo moderado):
    • Costuma ser diagnosticado na primeira infância.
    • Podem apresentar déficits de comunicação e interação social mais marcantes.
    • Pode haver atrasos no desenvolvimento cognitivo e de linguagem.
  • Nível 3 (Autismo grave):
    • Geralmente diagnosticado nos primeiros anos de vida.
    • Apresentam atrasos significativos no desenvolvimento da comunicação, interação social e comportamentos estereotipados.
    • Podem precisar de um maior nível de apoio e cuidados especializados.

Os níveis de autismo ajudam a entender melhor as necessidades individuais de cada pessoa com o transtorno. Além disso, é importante lembrar que o autismo é um espectro, e cada indivíduo é único em suas características e desafios.

O IPP está aqui para oferecer apoio

Cada indivíduo com autismo é único, apresentando combinações variadas de sintomas e desafios.  Por isso, compreender e aceitar esta diversidade é fundamental para promover um ambiente inclusivo e de apoio para as pessoas com autismo.

Além disso, é preciso lembrar que o autismo é uma parte importante da identidade de muitas pessoas e que, com o suporte adequado, podem desenvolver todo o seu potencial. 

Se você ou alguém que conhece está precisando de apoio para lidar com os desafios do TEA, entre em contato conosco para agendar uma avaliação e obter mais informações sobre como podemos ajudar. Você pode entrar em contato conosco via WhatsApp ou pelo telefone (11) 3262-3468.

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;} Agendar consulta