Insônia: como ela pode afetar nossa vida?

O sono é um dos momentos mais importantes do dia. Ele funciona como um retroalimentador do dia vivido. Repõe as energias, revigora o corpo e a mente, nos regula e nos prepara para uma nova jornada. É durante este intervalo que o corpo fortalece o sistema imunológico, libera hormônios e consolida a memória, entre outras funções de extrema importância para o correto funcionamento do organismo.

No entanto, quem sofre de insônia nem sempre consegue ter o repouso adequado, o que ocasiona um extremo desconforto, além de prejudicar muito a qualidade de vida. A insônia é um problema que atinge 45% da população brasileira, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cada vez mais pessoas se queixam de problemas para dormir e as causas desses problemas podem ser variadas.

Desvendando a insônia

Ter uma noite mal dormida é normal na vida de todo ser humano. Não conseguir pegar no sono pela espera de uma notícia ou por ter um evento no dia seguinte é considerado normal. No entanto, caracteriza-se como insônia quando o problema passa a ser recorrente.

Quando noite após noite, ao se deitar para dormir, a pessoa não consegue ter sono, ou quando até consegue pegar no sono, mas tem dificuldades em voltar a dormir após ser acordada por algum fator externo – aí sim já é caracterizado um quadro de insônia.

Muitos fatores podem contribuir para um quadro de insônia. O estresse e as preocupações do dia a dia são os maiores vilões no mundo moderno. Esses estados de agitação fazem com que o corpo se mantenha em um estado ativo por mais tempo e gere ansiedade, dificultando o descanso noturno.

O uso de aparelhos celulares ou laptops, logo antes de dormir, também contribui para o retardo do sono, pois a luz emitida por esses dispositivos se assemelha à luz do meio-dia. Sendo assim, as telas fazem uma verdadeira bagunça hormonal no corpo, inibindo a produção de melatonina, que é o hormônio responsável por regular uma série de funções biológicas.

Existem ainda outras causas da insônia, como as causas ambientais (barulho, luzes ou qualquer outro desconforto), alimentação ou exercícios físicos, agitação do estado mental antes de dormir, consumo de álcool ou de cafeína, além dos transtornos mentais, como a depressão e a ansiedade, que podem ser causas ou também consequências da insônia.

O que fazer para dormir melhor?

Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, o hábito de compensar o sono no final de semana, dormindo mais para recuperar as horas perdidas nos dias úteis, não surte efeito no corpo, que continua cansado e fatigado.

O ideal é construir novos hábitos a fim de ter uma melhor qualidade do sono. Para isso, a observação de si mesmo é muito importante, a fim de avaliar quais hábitos podem estar contribuindo para a insônia. No entanto, há algumas recomendações que devem ser seguidas por todos para uma noite de sono tranquila. Veja a seguir:

– Evitar ingerir bebidas estimulantes à noite (café, chá preto e refrigerantes);

– Evitar ingerir bebidas alcoólicas à noite;

– Não consumir alimentos de difícil digestão no jantar;

– Evitar o uso de aparelhos eletrônicos e telas logo antes de se deitar;

– Ter um tempo de desaceleração do corpo e da mente antes mesmo do momento de dormir;

– Preocupar-se com o ambiente físico, para que esteja confortável, aconchegante e adequado para uma boa noite de sono.

Lembre-se que quando a insônia é persistente, ela prejudica todas as esferas da vida de uma pessoa. Até mesmo as relações sociais podem ser prejudicadas, em função da irritabilidade gerada pela privação do sono. A disposição física pode diminuir, e o rendimento no trabalho pode ser menor – pela falta de energia e concentração.

Se você perceber que sua insônia está acontecendo de um modo crônico, alterando o funcionamento normal do seu organismo e das suas atividades diárias, considere buscar a ajuda de um profissional especializado. Através de um processo terapêutico e/ou de um tratamento medicamentoso, será possível melhorar sua qualidade de vida de uma maneira bastante rápida e eficaz. Cuide do seu sono! Para agendar uma consulta conosco, acesse a página inicial do nosso site e clique em Agendar Consulta.

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;} Agendar consulta