A relação entre o cansaço físico e a saúde mental

O cansaço físico e a saúde mental estão intimamente conectados. Quando uma pessoa está fisicamente cansada, pode ter dificuldades em se concentrar, sentir-se irritada, ter uma baixa autoestima, sentir-se triste ou deprimida, e tudo isso pode levar a problemas de saúde mental. 

Entender como o nosso corpo e a nossa mente trabalham juntos pode nos ajudar a gerir melhor certas áreas da nossa vida, lidar melhor com as demandas do dia a dia e, consequentemente, melhorar nossa saúde como um todo.

O que é o cansaço físico e mental?

O cansaço físico é uma sensação de fadiga ou exaustão que pode ser causada por atividades físicas ou mentais intensas, por falta de sono, pela falta de descanso adequado, dentre outras causas. É uma sensação comum que todos nós experimentamos em algum momento.

É de extrema importância ficar atento aos pequenos sinais que o nosso corpo envia para indicar que algo não está indo bem. Quando os sintomas deixam de ser apenas físicos e começam a afetar outras áreas da sua vida, fazendo com que você perca o interesse em atividades que antes eram prazerosas, pode ser um indicativo de que a sua exaustão já está gerando consequências bastante prejudiciais.

Como o cansaço físico afeta a saúde mental?

Quando estamos cansados, é natural que nossa capacidade de lidar com o estresse e as demandas diárias diminua. Isso pode levar a sentimentos de irritabilidade, ansiedade e depressão. 

Quando o cansaço físico é crônico, pode ser ainda mais difícil lidar com esses problemas, o que pode levar a um ciclo vicioso em que o cansaço físico leva a problemas de saúde mental, que por sua vez agravam ainda mais o cansaço físico.

De acordo com uma pesquisa da American Psychological Association (APA, 2021), 44% dos adultos relataram que o estresse afeta sua saúde física, enquanto 46% disseram que o estresse afeta sua saúde mental, além disso o estudo também concluiu que pessoas com cansaço crônico têm um risco aumentado de desenvolver ansiedade e depressão. 

No entanto, há boas notícias também. Segundo um outro estudo feito pela mesma instituição, a prática regular de exercícios físicos e outros hábitos saudáveis podem ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão, melhorar a qualidade do sono e aumentar a energia física e mental. 

Como lidar com o cansaço físico e melhorar a saúde mental?

Aqui estão algumas dicas:

1.    Priorize o sono

O sono é extremamente importante para a nossa saúde física e mental. Crie um ambiente tranquilo e confortável para dormir, e preze pelas suas 7 a 8 horas de sono.

2.    Faça exercícios regularmente

O exercício físico regular pode ajudar a melhorar o sono e a reduzir o estresse. Procure fazer exercícios que você goste, para que seja mais fácil se manter motivado.

3.   Alimente-se bem

Uma dieta saudável pode ajudar a melhorar a energia e a disposição. Certifique-se de comer uma variedade de alimentos saudáveis, incluindo frutas, legumes, proteínas magras e carboidratos complexos.

4.   Aprenda técnicas de gerenciamento de estresse

Técnicas como meditação, respiração profunda e ioga podem ajudar a reduzir o estresse e a melhorar a saúde mental.

5.   Peça ajuda se necessário

Se você está lutando com problemas de saúde mental, não tenha medo de pedir ajuda. Falar com um psicólogo ou psiquiatra pode ajudar a obter o suporte necessário.

Conte com a gente

Se você se identificou com este post, tem se sentido cansado(a), depressivo(a) ou desmotivado(a), entre em contato com a nossa equipe de especialistas e marque uma avaliação conosco!

Você pode agendar uma consulta facilmente clicando em nosso Whatsapp ou através do telefone (11) 3262-3468.

#main-content .dfd-content-wrap {margin: 0px;} #main-content .dfd-content-wrap > article {padding: 0px;}@media only screen and (min-width: 1101px) {#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars {padding: 0 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars > #main-content > .dfd-content-wrap:first-child {border-top: 0px solid transparent; border-bottom: 0px solid transparent;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width #right-sidebar,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width #right-sidebar {padding-top: 0px;padding-bottom: 0px;}#layout.dfd-portfolio-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel,#layout.dfd-gallery-loop > .row.full-width > .blog-section.no-sidebars .sort-panel {margin-left: -0px;margin-right: -0px;}}#layout .dfd-content-wrap.layout-side-image,#layout > .row.full-width .dfd-content-wrap.layout-side-image {margin-left: 0;margin-right: 0;} Agendar consulta